Boas vindas a quem chega!

Este é um blog destinado a falar de tarot. Para escrever sobre tarot e suas infinitas possibilidades. Para ler tarot, presencialmente ou online.

Para agendar a sua leitura, entre em contato: pietratarot@icloud.com

terça-feira, 21 de junho de 2011

Leitura de lunação - junho

Leitura da Lunação...
Saída: 2 de paus
Chegada: Rainha de Espadas
Caminho: Temperança
 
Sun & Moon Tarot
Sair de um olhar para o futuro para, pela Temperança, se tornar uma rainha. Me parece bastante trabalho. Então, esse mês, quero me concentrar nessa Rainha de Espadas...
 
Espadas é um naipe que eu sinto que muita gente evita... e tenho umas ideias do por quê... É nas espadas que está a racionalidade e o pensamento... e, embora muito se diga que é isso que nos separa dos outros animais, eu não tenho toda essa crença assim nessa afirmação. Quero dizer, não acredito que a racionalidade seja a essência humana... eu penso que esta seja um dos muitos instrumentos que temos, e que, talvez e tomara, saibamos usá-la bem. Quando o sabemos, as espadas são uma direção, uma extensão de nossos braços para podemos alcançar o que desejamos... quando não, fere, aos outros e a nós mesmos. Com as espadas estão tanto a Ciência quanto o banho de sangue... tanto a meditação quanto a fofoca.
 
O pensamento, o escrutínio, a racionalidade estão para o ser humano como uma forma de organizar o que os sentimentos e sentidos percebem. Podem ser o nosso mapa... podem ser ainda, como é que a nossa mente desenvolve o que o mundo nos apresenta via imaginação, através de um tudo que já aprendemos. Porém, não podemos nos enganar. Cognição é uma possibilidade para todos os seres, não apenas para o ser humano. A nossa diferença é que apredemos a lidar com um ou mais códigos (linguagem) e fazemos muitas representações disso. E talvez não saibamos disso de outros animais porque não somos de sua sociedade... e talvez seja só isso. Fico pensando se os lobos não pensam que se distinguem de todos os outros animais porque... Claro que eu sei que somos uma raça predominante no planeta, mas não existem um tanto a mais de ratos do que pessoas nos grandes centros? Ou animais capazes de viver em ambientes que humanos preferem não?
 
E, em tudo isso, manda nesse reino a Rainha de Espadas. A Mãe do Pensamento, da Imaginação, da Comunicação... que também pode ser a das palavras duras, tão verdadeiras que doem... Rainha de Espadas é a nutriz dos mundos da intelectualidade e do mental. Senhora do ar que nem sempre se enxerga, mas que é essencial para a vida.
 
Ser a mãe de alguma coisa é ser responsável tanto pela gestação, quanto pelo nascimento e pelo crescimento. A mãe cuida, nutre e trabalha no sentido de que as coisas se encaminhem para o seu melhor, para o desenvolvimento. Se a mãe aqui, é a Rainha de Espadas, ela é dona do mental e nos ajuda a fazer com que ideias nasçam e cresçam e que se desenvolvam para o melhor que podem ser. Mesmo sendo de elemento ar, que é a nossa racionalidade, ou seja, a busca do entendimento e da lógica, a rainha também é água, então mora nela uma parte do sentimento, e imagino senão, o amor por ela.
 
Diz-se muito que a Rainha de Espadas tende a ser solitária, talvez uma viúva, uma senhora que nem sempre tenha as palavras mais agradáveis a se dar. A solitude dela é uma porque ela não está completamente dentro da água como as outras rainhas que tendem a usá-la para manifestar seu carisma (paus) ou fazer brotar seus conhecimentos de bem-estar (ouros) ou mesmo TODO o sentimento de que são capazes (copas). Essa é a rainha do instrumento humano mais do que da essência humana (copas). E assim, com sua lógica e por, às vezes, ouvirem o que não desejam, se afastam dessa mãe. Que ama, certamente, mas que deseja a estratégia, a prudência e as melhores escolhas para seus filhos.
 
Pensando nesse conjunto específico de cartas que está com essa rainha, acredito que sendo a rainha, é preciso olhar para as perspectivas futuras não exatamente para o que se é hoje, mas sim, para o que se pode construir, um eu mais verdadeiro, mais temperado, quiçá mais preparado para tomar conta de um reino...
 
Você quer uma dessas leituras da lunação?
Entre em contato comigo!
Pietra

PS: E uma coisa que eu notei, é como a Rainha de Espadas do Waite-Smith se parece muito com A Justiça... talvez seja a espada... talvez seja a natureza de ambas... mas fiquei pensando um pouco nisso - e olha outra virtude aparecendo aqui!

2 comentários:

  1. Uma Rainha de Espadas assumida te diz: o reino é teu, e és sabia para com ele!

    ResponderExcluir